Sozinho ou acompanhado, você já assistiu Thor: Ragnarok, nos cinemas? Se ainda não teve a oportunidade, saiba que logo no início do filme podemos ver que a história será dirigida de um jeito diferente. Thor (Chris Hemsworth) está com uma pitada a mais de humor e a seriedade e melancolia dos últimos filmes foram deixadas de lado.


Thor: Ragnarok tem sido um sucesso de bilheteria no exterior este fim de semana. Já atingiu a marca de U$107,6 milhões. Com esse número, Thor está a frente de filmes como Guardiões da Galáxia 2 e Doutor Estranho. Aqui no Brasil também fez sucesso, com U$8,3 milhões é a maior estreia do mês de outubro.




[caption id="attachment_456" align="aligncenter" width="800"] Cena do filme Thor: Ragnarok[/caption]

Este último longa do herói asgardiano é o melhor do personagem, mas não é o melhor filme da Marvel. Por divergir em alguns pontos dos quadrinhos, os amantes de Thor podem ficar um pouco desapontados. No entanto, a Marvel se saiu bem com esse longa que vale a pena ser apreciado sem comparativos com as HQ's.

Dirigido por Taika Waititi, no longa Thor está preso do outro lado do universo e se une ao seu irmão Loki (Tom Hiddleston) e seu amigo Hulk (Mark Ruffalo) para voltar a Asgard e interromper o Ragnarok, evitando o fim da civilização asgardiana das mãos da deusa da morte, Hela (Cate Blanchett ).