Os Farofeiros


É isso e mais um pouco! É rico, completo e como todo bom prato acompanha farofa! Isso é o que podemos dizer do novo sucesso da Globo Filmes, Os Farofeiros. Estrelado por “Paulinho Gogó”, o filme ‘Os Farofeiros’ está em exibição nos cinemas desde o dia 08 de março.

Além de contar com Maurício Manfrini – mais conhecido por “Paulinho Gogó” – o filme também tem a presença de Cacau Protásio, Danielle Winits, Charles Paraventi, Antônio Fragoso e a maravilhosa Aline Riscado.



 

Mas calma mulheres, o diretor também lembrou de colocar um agrado a vocês, o filme tem também o ator Felipe Roque, namorado de Aline.

‘Os Farofeiros’ tem uma comédia bem simples, o que atrai o gosto popular e promete ser um sucesso de arrecadação no Brasil.


Nota-se que uma das principais referências dele é o filme ‘Gente Grande’, uma comédia americana baseada também na ideia de colegas que levam suas famílias à uma casa velha para curtir o feriado, mas na verdade o que acontece é muita confusão!



O ponto que mais me chamou atenção foi a crítica que o autor, Paulo Cursino, faz ao cinema nacional.

[alerta spoiler]


Em uma cena do filme, os atores principais foram ao cinema da cidade e ‘Renata’, interpretada por Danielle Winits, diz enquanto eles viam um filme de comédia nacional: “Nossa, mas por que comédia no Brasil tem que ser tão apelativo? Filme brasileiro só presta quando tem putaria e palavrão”.

Algumas pessoas não notaram, mas na verdade o que Renata é o pensamento de muitas pessoas por aí!

Um monte de gente acredita que o nosso cinema é isso, espaço para filmes “Tropa de Elite”, “Cidade de Deus” ou então uma comédia apelativa– entre outros sucessos que abordam estes mesmos temas.

O fato é que isso só acontece por conta da pouca divulgação de outros filmes nacionais de vários outros gêneros além do “Favela Movie”. Tá na hora da gente sair do estágio do desconhecimento e abraçar novos gêneros que ganham um público ao redor do mundo. Estes, você pode conferir na Mostra de Longas Premiados, realizada pelo Itaú Cultural, clicando aqui.

São filmes como Como Nossos Pais, As Duas Irenes, Pela Janela e muitos outros que farão você repensar o que é o cinema nacional e o que ele representa.

Entretanto, voltando ao foco desta discussão, Os Farofeiros é ótimo, leve e super divertido. Cinema nacional é isso e MUITO MAIS. E nesse banquete, jamais dispensaremos uma boa farofa.