Um filme que faz jus ao nome!


O diretor Richard Linklater certa mais uma vez com o drama A Melhor Escolha (Last Flag Flying) . Conhecido por seus filmes que inspiram e comovem o espectador  como os aclamados Boyhood (2014), Antes do Pôr-do-Sol (2004) e o fantástico Escola de Rock (2003), o novo filme do diretor surpreende.

Envolvendo luto e patriotismo e contando com a ajuda de Steve Carell (O Virgem de 40 Anos), Laurence Fishburne (Trilogia Matrix) e Bryan Cranston (Breaking Bad). O filme deu certo graças a poderosa força dos diálogos, roteiro bem escrito, cenas tocantes e reflexões a serem geradas pelo próprio espectador.



[ALERTA SPOILER]


O filme conta sobre três amigos veteranos que serviram juntos na sangrenta guerra dos E.U.A. contra o Vietnã.

[caption id="attachment_1649" align="aligncenter" width="377"] Steve Carell como Larry "Doc" Shepherd[/caption]

Começando por Larry "Doc" Shepherd (Carell) um rapaz certinho que passou por um ano terrível, sua esposa e faleceu devido ao câncer e para piorar, recebe a noticia de que seu único filho morreu em combate no Iraque.

 

[caption id="attachment_1650" align="aligncenter" width="416"] Bryan Cranston como Sal Nealon[/caption]

Em 2003, trinta anos depois, Larry encontra Sal Nealon (Cranston) que virou um imprevisível e encrenqueiro barman (de acordo com a trama, não mudou nada).

[caption id="attachment_1651" align="aligncenter" width="400"] Laurence Fishburne como Richard Muller[/caption]

Em seguida procuram pelo agora Reverendo Richard Muller (Fishburne)  que já é um pai de familia exemplar (coisa que ele nunca foi há 30 anos atrás). O verdadeiro motivo do encontro é: Larry pede a ajuda dos dois para trazer o corpo do seu filho de volta pra casa, algo que será totalmente dificil.

PONTOS FORTES E FRACOS


Além da história e dos diálogos poderosos citados antes, a interpretação de cada personagem faz o espectador se envolver totalmente ao filme sem nenhum ponto onde se torna confuso ou obsoleto, porém, tem algumas cenas das quais os personagens passam por uma saida de SITCOM causando uma breve distração nas cenas, algo que Linklater devia ter tratado disso com cuidado na próxima, mas pelo menos, as poucas piadas disfarçam as lágrimas do espectador nesse filme, claro que há algumas até obscenas, mas sem ofender ninguém (Exemplo que Adam Sandler deveria seguir).

A Melhor Escolha é um trama forte, expressivo e interessante, prova de que Richard Linklater mantém o seu maravilhoso talento como diretor e roteirista.

BÔNUS: O filme estará em cartaz no Brasil no dia 22 de Março.



Sinopse: Trinta anos após servirem juntos no Vietnã, o ex-marinheiro Larry Doc Shepherd se reúne com seus velhos amigos, Sal Nealon e o reverendo Richard Mueller, para enterrar seu filho, um jovem marinheiro morto na guerra do Iraque.

Elenco:

Steve Carell - Larry Shepherd
Bryan Cranston - Sal Nealon
Laurence Fishburne - Richard Muller
J. Quinton Johnson - Charlie Washington
Richard Robichaux - Anorak
Lee Harrington - Jamie

Ficha Técnica:

Direção: Richard Linklater
Roteiro: Richard Linklater & Darryl Ponicsan
Produção: Ginger Sledge & John Sloss
Música: Graham Reynolds
Distribuição: Imagem Filmes, Amazon Studios, Lionsgate