Filmes de terror antigos considerados "Cult" atualmente são aqueles filmes aclamados pela crítica e, mas poucos chegam a falar sobre ele com grande repercussão depois de 10 ou 15 anos, a menos que esse filme deixe um legado que seja lembrado até o infinito (talvez vire até meme na internet).  Pra vocês que querem se aprofundar um pouco sobre como era os filmes de terror na época, aqui vai uma lista dos 10 melhores filmes dos anos 70.

Mas, por que os anos 70? Foi nessa época onde surgiu filmes marcantes e que causou trauma no público, não é mesmo?!

[ALERTA DE SPOILER]


 

1º Lugar - "O Exorcista" (The Exorcist) - 1973

Distribuidora: Warner Bros. Pictures

Direção: William Friedkin



Um filme controverso sobre exorcismo que chocou o mundo todo com sua atmosfera maligna e uma história muito bem feita, lembrado pelos fãs do gênero atualmente.

Sinopse: Chris MacNeil (Ellen Burstyn), uma atriz de Hollywood percebe que sua filha Regan (Linda Blair) está tendo um comportamento estranho, e a medida que a situação começa a se agravar, Chris conclui que sua filha está possuída por um demônio antigo e pede ajuda a um padre e também psiquiatra Damian Karras (Jason Miller).

Obs: O filme é baseado no livro de William Peter Blatty. O Exorcista ganhou os Oscars de melhor roteiro adaptado e melhor som, além de ser o primeiro filme de terror a ser indicado ao Oscar de melhor filme. O Exorcista repercutiu ainda mais no inicio do novo milênio (2000) quando foi lançado novamente nos cinemas a "Versão Que Você Nunca Viu" (The Exorcist: The Version You've Never Seen), uma versão estendida e remasterizada pelo próprio Friedkin.

 

2º Lugar - "A Profecia" (The Omen) - 1976

Distribuidora: 20th Century Fox

Direção: Richard Donner

 



Antes de dirigir "Superman: O Filme" (1978), Richard Donner havia se envolvido em uma história realmente maligna tratada sobre o Anticristo, este filme mostra o que há de medonho e chocante com um enredo envolvente, atuações bem desenvolvidas e uma trilha sonora que combina com a atmosfera diabólica do filme.

Sinopse: O embaixador Robert Thorn (Gregory Peck) resolve adotar uma criança orfa para substituir o bebê natimorto de sua esposa Katherine (Lee Remick), tudo vai bem até coisas estranhas  acontecer quando o menino Damien (Harvey Stephens) completa 5 anos de idade.

Obs:" A Profecia" é baseado no romançe de David Seltzer e o filme recebeu o Oscar de melhor trilha sonora para Jerry Goldsmith. O filme é conhecido por ser "amaldiçoado" por causa de acidentes e mortes controversos e bizarros durante as filmagens do filme, por exemplo: Após Gregory Peck aceitar o papel para o filme, seu filho se suicidou com um tiro na cabeça, o avião em que o ator estava em direção a Inglaterra foi atingida por um raio, o tratador de animais do filme foi morto por um tigre, de acordo com o produtor Harvey Benhard: “Era como se o Diabo estivesse lá e não quisesse que o filme fosse gravado”.

 

3º Lugar - Carrie: A Estranha (1976)

Distribuidora: United Artists / MGM

Direção: Brian DePalma



Este é um dos filmes adaptados nos livros medonhos de Stephen King mas junto ao talento de Brian DePalma ao destacar o fanatismo religioso e o preconceito presentes na história, Carrie: A Estranha acabou sendo um dos melhores filmes adaptados nas obras do autor.

Sinopse: A quieta e sensível Carrie White enfrenta todos os insultos dos colegas na escola e abuso em casa de sua mãe, uma fanática religiosa. Quando estranhos acontecimentos começam a acontecer em torno de Carrie, ela começa a suspeitar que tem poderes sobrenaturais.

Obs: O filme recebeu 2 indicações ao Oscar e ao Globo De Ouro e ainda gerou uma sequência e dois remakes (sendo o primeiro a ser lançado para TV).

 
4º Lugar - O Massacre da Serra Elétrica - 1974

Distribuidora: Bryanston Distributing Company

Direção: Tobe Hooper


Além de "O Exorcista", "O Massacre da Serra Elétrica" também foi considerado um dos melhores filmes de terror da história, mas é um exemplo para os filmes independentes, de baixo-orçamento e partes do gênero "Slasher", além de incluir uma história perturbadora envolvendo "demência total" e o legado deixado pelo assassino Leatherface que é lembrado por muita gente.

Sinopse: Em 1973, o único sobrevivente do massacre de 33 pessoas vai contar em detalhes o que realmente aconteceu na deserta estrada do Texas, quando ele e mais 4 amigos estavam indo visitar o seu avô.

Obs: Para o filme, o diretor Tobe Hooper (Poltergeist) se inspirou nos assassinatos causados pelo psicopata de Winsconsin Ed Gein, que também foi inspiração para o personagem Norman Bates de "Psicose" (1960).

 

5º Lugar - "Confissões de um Necrófilo" (Deranged) - 1974

Distribuidora: American International Pictures

Direção: Jeff Gillen & Alan Ormsby
Roberts Blossom como Ezra Cobb

Este é um filme controverso e confuso sobre serial killers, não sendo muito popular pelo tom cruel e "darker", Confissões de um Necrófilo tem uma história medonha e distante, contando tudo sobre um psicopata fazendo o que ninguém consegue imaginar.

Sinopse: Ezra Cobb é um garoto que mora com sua mãe doente, os vizinhos o consideram um filho exemplar e totalmente devoto à sua mãe, mas quando ela sofre uma parada cardíaca, o Cobb  começa a provar para as pessoas que ele não é um menino "normal".

Obs: O filme é baseado em fatos reais, inspirado na história de Ed Gein, o assassino de Winsconsin que também foi inspiração do personagem Norman Bates de "Psicose" (1960).