Da calmaria da meditação à adrenalina do Act Up


Chove em São Paulo e entre um café, notes, listas de tarefas e boletos atrasados eu só quero uma coisa: meu sofá. A sorte é que mês de abril sorriu pra mim com estreias maravilhosas nas plataformas streaming. Se aconchegue, relaxe e aproveite a experiência de poder viajar sem sair do lugar.

Você já ouviu falar em mindfulness? É uma prática da arte da meditação que consiste em ter consciência da sua respiração até conseguir se desligar das sensações e pensamentos. O mestre Thich Nhat Hanh é líder desse movimento e é esse o tema de "Caminha Comigo", documentário narrado por Benedict Cumberbatch e dirigido por Marc Francis e Max Pugh.

 

[embed]https://vimeo.com/179167579[/embed]

O filme aborda uma busca por conexões entre os monges e o mundo externo, propondo uma meditação sobre a comunidade, que lida com questões existenciais do cotidiano da vida monástica. Monge budista, pacifista e escritor, Thich Nhat Hanh é um dos mestres mais conhecidos e admirados do mundo. Nascido no Vietnã, foi para um mosteiro aos 16 anos. Por conta da guerra, foi um dos fundadores do budismo engajado, ajudando assim a salvar a vida de muitas pessoas que sofriam com os bombardeios e com as devastações trazidas pelos conflitos. O filme já está disponível, mas somente no iTunes por R$7,90.


-


Depois dessa imersão na comunidade e costumes budista, que tal aumentar um pouco o ritmo? Dia 05 de abril chega as plataformas o filme ganhador de seis prêmios no Cesar 2017 – Oscar francês, “120 Batimentos Por Minuto”, que retrata a luta do grupo ativista francês Act Up pela prevenção do vírus HIV e tratamento da Aids.

Dirigido por Robin Campillo, o longa se desenvolve a partir da batalha que esses ativistas enfrentam contra a ala mais conservadora da sociedade e a indústria farmacêutica, que se valia do lobby feito na venda de medicamentos para o tratamento da doença. Fatos vivenciados pelo próprio diretor que foi integrante do grupo ativista na década de 90.

[embed]https://youtu.be/JcZ-bCEHdN0[/embed]

O filme foi super aclamado pela crítica, também foi premiado em Cannes. Logo, escolhido pela França para representá-la no Oscar 2018. “Um envolvente, emocionante e dilacerante retrato de um grupo de ativistas parisienses no início dos anos 90. O filme é sexy, reflexivo e profundamente humano”, elogiou o crítico Guy Lodge, da Variety. Repetindo, o filme estará disponíveis nas plataformas streaming a partir do dia 05 de abril.

Você poderá encontrá-lo no: Now (R$ 14,90), Vivo Play (R$ 11,90), Google Play (R$ 9,90), iTunes (R$ 11,90) e Youtube (R$ 9,90).



E nós ficamos por aqui, o mês só tá começando, semana que vem tem mais novidades chegando, mas pra você que é de maratonar já postamos várias recomendações aqui na coluna. Vale a pena conferir! =] Até logo.