CLÁSSICOS DA HANNA-BARBERA PARA VOCÊ VER E REVER!


Todo mundo se lembra ou teve algum desenho que marcou a sua infância, seja ele por algum motivo. E um dos estúdios idealizadores por produzir ótimas animações infantis, foi Hanna-Barbera, comandada e criada pelos cartunistas William Hanna e Joseph Barbera.


Eles se conheceram em 1937 e começaram a trabalhar juntos no estúdio de animação da já falecida Metro-Goldwyn-Mayer em 1939. Na década de 1940, enviaram seus desenhos para Walt Disney, mas a empresa nunca acreditou no potencial e no talento dos dois, então eles resolveram criar sua própria produtora, que logo foi um sucesso com sua primeira animação Puss Gets the Boot (1940), que iniciou a premiada e popularíssima série Tom e Jerry.


William Hanna morreu em 2001, contribuindo para que o estúdio Hanna-Barbera fosse adquirido pela Warner Bros Animation, e logo em seguida transformado no então famoso Cartoon Network Studios. Em 18 de dezembro 2006 faleceu, com 95 anos, Joseph Barbera, por causas naturais.


Vamos então a lista das 10 melhores animações da Hanna-Barbera!


 

 

#1 Scooby-Doo, Cadê Você?




Uma das animações mais conhecida do estúdio, Scooby-Doo é extremamente popular até os dias atuais, contando com inúmeras versões, filmes, jogos e quadrinhos. No entanto, tudo começou em 1969, apresentando ao público e telespectador um grupo de detetives adolescentes junto do cão falante que, juntos, desmascaravam mistérios sobrenaturais. O desenho originalmente estreou na TV com o título ‘’Mysteries Five’’.

 

 

#2 Tom e Jerry


 

Sendo uma das animações mais tradicionais e duradouras da cultura pop, os lucrativos e icônicos Tom e Jerry foram criados por William Hanna e Joseph Barbera nos anos 40, sendo distribuída pela MGM. Contando com mais de 113 episódios da animação clássica, a história narra a perseguição incansável de um gato (Tom), atrás de um rato (Jerry), através de diferentes cenários e contextos. No primeiro curta focado nos personagens, Tom se chamava ‘’Jaspex’’ e Jerry era ‘’Jinx’’, sendo rebatizados pela dupla mais tarde. A animação chegou a ganhar 7 Oscar de melhor curta de animação, um feito que marcou sua história.

 

 

#3 Corrida Maluca




Um dos grandes clássicos do estúdio, Corrida Maluca apresentava diversos competidores em busca do título mundial de "Corredor Mais Louco do Mundo". Ao todo, foram 34 episódios recheados de personagens e veículos que ficaram consagrados na cultura pop, com o traiçoeiro Dick Vigarista e seu comparsa, o cão Muttley, que tentavam sabotar as corridas para saírem na frente.

 

 

#4 Os Jetsons


 

Jetsons é outro título inesquecível do estúdio Hanna-Barbera, produzido originalmente entre 1962 e 1963. Na animação acompanhávamos a rotina da família Jetson na cidade futurística de Orbit City. Retratando um futuro cheio de tecnologias inovadoras, a animação apresentava uma vida regada a lazer e conforto, com diversas comodidades eletrônicas jamais vistas na época, que geralmente davam defeito. O desenho contava com diversos personagens icônicos, como a robô-empregada Rosie e o cão da família Astro.

 

 

#5 Smurfs




Mais uma franquia lembrada até hoje, os Smurfs começaram nas histórias em quadrinhos escritas por Pierre Culliford. Eventualmente, a Hanna-Barbera produziu uma animação sobre os azuizinhos, impulsiona-nos para o sucesso, sendo lembrados até os dias atuais, contando até mesmo com adaptações live-action. A trama acompanha um vilarejo das criaturas, sob ameaça constante do vilão Gargamel, apresentando aventuras inéditas e fantasiosas cheias de humor.

 

 

#6 Os Flinstones


 

Sendo um dos maiores sucessos do estúdio Hanna-Barbera, a animação sobre a família pré-histórica Flinstones foi criada pelos próprios William Hanna e Joseph Barbera, retratando o dia-a-dia de uma família da Idade da Pedra, tentando levar uma vida pacata na cidade de Bedrock. Foi uma das animações mais duradouras do estúdio, sendo produzida de 1960 até 2005, rendendo até adaptações live-action, quadrinhos, jogos e muito mais. Foi também a primeira animação de comédia exibida no horário nobre da TV dos EUA.

 

 

#7 Tutubarão




A Hanna-Barbera ficou conhecida pro produzir desenhos focando em grupos de pessoas com um animal falante ou de personalidade distinta. Era o caso também de Tutubarão, desenho que se passava em cidades submersas acompanhando as aventuras da banda ‘’Os Netunos’’, que durante as turnês, esbarravam em diversas confusões, vilões e criminosos. Obviamente, existia também o ‘’Tutubarão’’ do título, um grande tubarão-branco falante, baterista da banda. Tutubarão foi produzido em 1976, contando com uma temporada de 16 episódios.

 

 

#8 Space Ghost


 

Aqui, os estúdios Hanna-Barbera contavam a história do super-herói Space Ghost, que combatia vilões espaciais como o temível Zorak, geralmente com a ajuda dos adolescentes Jan e Jace juntamente do macaco Blip. A animação foi ao ar de 1966 à 1968 e conquistou ainda mais espaço na cultura pop em 1994, quando foi revivida pelo canal Adult Swim, utilizando o personagem antigo como o âncora de um talk-show satírico.

 

 

 

 

 

#9 Jonny Quest




Mais um desenho dos estúdios Hanna-Barbera que deixou um forte legado na cultura pop, Jonny Quest contava as histórias do garoto-título, vivendo incríveis aventuras junto de seu pai, seu melhor amigo Hadji e seu cão buldogue, Bandit. Um dos maiores destaques da animação de 1964 foi o uso dos traços mais realistas, algo novo até então nas animações Hanna-Barbera. O desenho teve algumas animações derivadas, influenciando outras, ainda, ao longo dos anos.

 

 

 

 

#10 Superamigos


 

Aqui, vemos o fruto da parceria DC Comics e Hanna-Barbera. O desenho dos Superamigos foi ao ar de 1973 até 1985, mostrando poderosos personagens da DC juntando as forças com adolescentes para combaterem o mal da humanidade. Conforme novas temporadas da série eram produzidas, mais personagens do grande universo da DC foram sendo introduzidos, como Flash e Lanterna Verde. A animação também contava com personagens originais, como Vulcão Negro e os Super-Gêmeos.

 

 

 

#Menção honrosa ‘’Os Impossíveis’’




Foi o primeiro projeto da Hanna-Barbera dentro do conceito “desenho de banda”. Baseava-se, claro, num grupo musical chamado ‘’Os Impossíveis’’ que, na verdade, era composto por três super-heróis disfarçados. O som e o visual do grupo se pareciam descaradamente com os dos Beatles, e isso foi um dos motivos do sucesso estrondoso do desenho mundo a fora.