O nordeste é rico em amplos os sentidos e é por isso que cinema nacional ferve cada vez mais!


Para curtir a frente fria que chegou no centro-sul do país, por que não se sentir acalorado assistindo filmes que se passam no incomparável nordeste brasileiro?

Essa é a segunda região com  maior população do Brasil, rica em cultura e paisagens divinas. É no sertão nordestino, por exemplo, que o bioma exclusivamente brasileiro se encontra: a caatinga, com sua vegetação característica que consegue resistir belamente com pouca água. Justamente nesse lugar encantador que grandes narrativas brasileiras foram filmadas. Difícil você não ter assistido pelo menos um desses clássicos, ainda mais difícil não ter ouvido falar deles. Por isso minhas três dicas para o seu fim de semana são:

1. O Auto da Compadecida


Começando com essa comédia sincera e ingênua, interpretados por feras nacionais como Selton Mello e Matheus Nachtergaele, com vocês: O Auto da Compadecida.

O esperto João Grilo e o covarde Chicó vivem armando planos para conseguir sobreviver no vilarejo de Taperoá, sertão da Paraíba. Os desafios ficam mais difíceis com a paixão de Chicó por Rosinha, a vinda do cangaceiro Severino e a chegada do Juízo Final para João Grilo.

[embed]http://https://www.youtube.com/watch?v=XPuMu_ENzlg[/embed]

 

2. Lisbela e o Prisioneiro


Agora, vale a pena uma romance especial. Com Selton Mello, Débora Falabella e Marco Nanine também, tem como não ser?

Lisbela é uma moça romântica que se encanta pelos filmes de Hollywood. Com a chegada de Léléu, um típico malandro, seu coração estremesse. Esse romance quase impossível fica mais complicado com as confusões que Léléu arruma e com o fato de Lisbela já estar noiva de outro homem.

[embed]http://https://www.youtube.com/watch?v=YVA3UoZM0zU[/embed]

 

3. Central do Brasil


E agora, nada melhor que terminar com um drama para refletir.

O indicado duas vezes ao Oscar de 1999, melhor filme e melhor atriz para Fernanda Montenegro, Central do Brasil.

Dora é uma ex-professora que escreve cartas para pessoas analfabetas na estação Central do Brasil, no Rio de Janeiro. Sua vida muda com a trágica situação do menino Josué, filho de uma de suas clientes. Ele perde a mãe em um acidente e agora cabe a Dora ajudar o menino a encontrar o pai que nunca conheceu no interior do Nordeste.

[embed]http://https://www.youtube.com/watch?v=4zq76-bjR-M[/embed]

Agora é com você! A viagem cheia de emoções é garantida. E se perguntar como, eu não sei, sé sei que foi assim...