A Onda - Filme (2008)


Rainer Wenger, um professor com posição política anarquista, precisa trabalhar com seus alunos a autocracia. Embora estivesse esperando o anarquismo como temática para sua disciplina de curta duração, começa uma aula prática em sala de aula, mostrando na pele o que acontece em um sistema autocrático. Com nome, cumprimento, símbolo e uniforme, quando o seu experimento ultrapassa os limites da sala de aula e passa ser algo muito maior, e acaba transformado em fascismo. O grupo se torna maior, com mais “soldados” para seu exército. A Onda, como eles chamam esse movimento, sai da sala de aula e vai para as ruas, tentando mostrar sua força, e se torna cada vez mais forte, pois agrega pessoas que não eram vistas como “descoladas” na escola e a situação sai do controle do professor.



Ocorrido originalmente na Califórnia, em 1967, o experimento que deu origem ao filme foi batizado de A Terceira Onda e proposto por Ron Jones, professor de história, que devia abordar o fascismo em aula. O professor decidiu então simular em uma espécie de microcosmo social, composto por ele e seus alunos, o término da democracia para elevar o poder da unidade, enquanto seguia a máxima “força pela disciplina, força pela comunidade, força pela ação, força pelo orgulho”.


Direção


Com a direção competente de Dennis Gansel, A Onda funciona tanto como obra cinematográfica inteligente quanto crítica social. Levanta questionamentos que parecem distantes da realidade social de hoje para muitos, mas que são facilmente identificados, uma vez que se considere a homogeneização da população contemporânea, massificada não apenas pela mídia – como corretamente é dito – mas também por si própria. O pensamento fabricado é realidade latente de nosso tempo e aparece no grupo de A Onda como crítica ao comportamento do jovem do novo século, facilmente influenciável, que busca a integração em grupos sociais e abnega sua liberdade individual para fazer parte de algo maior. Mostra o lado do professor, que fica cego pelo controle e não percebe as implicações prejudiciais de seu experimento.

 

Direção: Dennis Gansel
Roteiro: Peter Thorwarth
Elenco: Jürgen Vogel, Dennis Gansel, Tim Schultz, Max Mauff, Jennifer Ulrich
Duração: 107min