A Jornada de um pai tentando salvar a filha: O apocalipse zumbi de Cargo


Lançado em 18 de maio, Cargo é mais um filme de apocalipse zumbi que aborda o tema família. O enredo consiste em um pai tentando salvar sua filha, ainda bebê, de sofrer algo terrível nesses dias turbulentos.

[caption id="attachment_4476" align="alignleft" width="300"] Martin Freeman em Cargo[/caption]

Estrelado pelo excelente Martin Freeman (Sherlock) interpretando Andy, um homem que perde a mulher para esse vírus que infectou a humanidade. Com apenas 48 horas antes que também se torne um zumbi, Andy conta com a ajuda de uma garota indígena para encontrar um destino para a filha Rose.

Freeman acaba sendo o centro das atenções do filme, roubando a cena de maneira incrível. O filme tem uma carga familiar muito forte, não sendo apenas só mais uma obra sobre zumbis.

Os problemas do filme são encontrados em muitos momentos, mas nada que afete a experiência emocional do drama. Dentre os problemas, o roteiro, que encontra em determinados momentos, saídas simples demais para um problema, além de poucas explicações de como funciona o vírus no corpo do ser humano, já que ele aborda de maneira diferente de, por exemplo, The Walking Dead.

A Netflix apostou na produção australiana e acertou. Por mais que existam erros muito claros no filme, todo o enredo na questão emocional e a carga dramática transformam a produção em um grande filme.

Conforme foi dito, Martin Freeman é o centro das atenções com uma atuação incrível. Ela mostra uma carga emocional grande do ator, sem alívios cômicos como de costume em seus personagens anteriores.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=uS-eKRAqQkE[/embedyt]

Cargo pode ser visto no serviço de streaming Netflix.