Divertido e crítico, Todo Mundo Odeia O Chris é um tapa de realidade.


Todo mundo odeia o Chris é uma série estadunidense baseada na história de Chris Rock, e foi exibida no Brasil pelo canal Sony, RecordTV e TBS. O elenco principal é formado por Chris (Tyler James Williams), Julius (Terry Crews), Rochelle (Tichina Arnold), Drew (Tequan Richmond), Tonya (Imani Hakim) e Greg (Vincent Martella).

Abordada em forma de humor, a trama relata o dia a dia de um garoto negro e morador do Brooklyn na Nova York dos anos 80. O mais interessante dessa produção de entretenimento é a crítica contida. Em cada episódio, ocorre sempre um acontecimento diferente na vida de Chris.

Não podemos negar que é uma produção fiel ao entretenimento; toda a história é contada de modo engraçado e arranca boas risadas do público. Também não podemos negar a crítica escondida na comédia, que nos faz pensar - mesmo de modo subliminar - sobre como o negro é visto.



Chris é o único negro em uma escola para brancos. Além de lidar com o preconceito dos alunos, precisa também se esquivar do pré-julgamento de sua professora. A senhorita Morello (Jacquenine Mazarella) consiste em acreditar que Chris não tem pai e vem de uma família de drogados.

Além disso, Chris sempre leva a culpa por tudo o que acontece. Isso porque carrega grande responsabilidade por ser o mais velho dos três irmãos.

Tudo é tratado com humor, deixando o espectador com sensação de afeto e até se identificando com Chris.

A realidade dos anos 80 relatada na série não é tão diferente da atual. A série nos remete ao fato do modo de tratamento do negro na sociedade. Todo mundo odeia o Chris é uma série que nos faz pensar enquanto nos divertimos. E por esse conjunto, arrisco dizer que é uma das mais importantes da atualidade.