'Samantha!' evoca um sentimento dos anos 80, e nos trás um caricato retrato daquela época.




Xuxa, Eliana e Angélica são ótimos exemplos de estrelas que inciaram suas carreiras ainda na infância. A audiência arrasadora dos programas apresentados por elas ecoa até hoje. Os anos 80 certamente foram marcados por essas apresentadoras juvenis, e creio que a maioria delas tenham tido um futuro correspondente àquele sucesso. A nova série brasileira da Netflix trás um retrato caricato dessa época. E se uma dessas estrelas caísse no esquecimento? Ou se apenas não fosse mais valorizada como antes? Bom, 'Samantha!' trata de mostrar essa possível realidade com muito bom humor e uma personagem questionável.

Samantha (Emanuelle Araújo) era uma estrela na infância, mas era uma pessoa de personalidade odiável. Fazia sucesso com seu programa infantil e com suas músicas. Além das adições que referenciam aquela época, como a boneca da apresentadora, as cartas de fãs e até o mascote totalmente sem noção (aqui temos o Zé Cigarrinho). Porém, Samantha cresce, se casa com um jogador (Douglas Silva) que está preso e tem dois filhos. Sua fama cai completamente, mas ela não se abala e tenta se consolidar novamente no mundo da televisão.

Criada por Felipe Braga, e tendo na produção executiva Sônia Braga, 'Samantha!' vai além de emular um sentimento oitentista brasileiro. Sua personagem principal é cheia de defeitos e isso a torna a coisa mais interessante dessa produção. Sua soberba faz com que sua visão sobre o mundo seja distorcida e faz com que seus problemas e limitações se tornem ainda maiores. Ela se comporta como uma boa mãe que cuidou dos filhos na ausência do pai. Além de também negar seus sentimentos por Dodói, seu ex-marido.


Jornada da apresentadora.


A série se comporta muito bem no sentido de aprofundamento da protagonista. Samantha é uma figura questionável, suas atitudes e convicções poder torná-la uma pessoa extremamente oportunista. Mas, Emanuelle exala um carisma único e junto à jornada a ser trilhada, Samantha cai no nosso gosto e se torna interessantíssima. Dodói é um ótimo suporte, o ex-jogador tenta se provar a todo momento pra sua amada, mas seus erros do passado a fazem questionar se ele seria um homem certo para se relacionar.

No elenco coadjuvante temos o ótimo Daniel Furlan como Marcinho, o agente oportunista de Samantha que vai fazer de tudo pra lucrar em cima dela. O relacionamento dos dois e basicamente de pessoas que não se gostam, mas precisam um do outro. Por outro lado, temos os filhos da ex-estrela, uma garota ativista e um garoto extremamente inteligente. Mas as crianças são uma parte da série que não vai muito pra frente. Eles não tem um arco muito bem definido e em alguns episódios suas ações não tem impacto na trama. Uma das únicas partes que não foram bem trabalhadas.


Em busca do sucesso.


O formato da série é bem leve de ser consumido. São apenas 7 episódios, sendo que apenas o primeiro tem mais de 30 minutos. Cada episódio é como uma nova conquista que Samantha deve ter para continuar e chegar onde quer. Seus fantasmas do passado sempre a assombram, isso porque suas atitudes na infância fez com que diversas pessoas criassem aversão àquela pequena estrela. Um paralelo que também conseguimos traçar com a realidade, já que vemos astros juvenis deixarem o sucesso subir à cabeça e acabam se tornando insuportáveis.

'Samantha!' é uma série que cumpre bem seu papel como entretenimento. Seu humor é mais virado para uma espécie de sátira da realidade. Temos referências claras à grandes cantores e atores, além de participações especiais, como a Gretchen, Alice Braga e Ary França como Zé Cigarrinho. Também temos várias críticas aos anos 80 e como o conteúdo era produzido naquela época.

No fim, 'Samantha!' sai com saldo positivo e é uma das melhores produções da Netflix em 2018. Não tem ideias super originais, ou um roteiro que seja genial, mas triunfa ao se aproveitar de seu tema e criar humor em cima de acontecimentos que estão na nossa cara. Espero que seja renovada para uma segunda temporada, pois, mesmo que tenha alguns defeitos, eles acabam não apagando tudo de bom que foi feito. Como o último episódio, que foi uma salada de más ideias, com resoluções pífias. Pelo menos os roteiristas adaptam o mundo atual ao criar personagens que representam muito bem o que está em alta, como a Digital influencer que compartilha tudo no Instagram.

Se você está procurando uma série criativa, divertida, engraçada e bem escrita, assista 'Samantha!'. Todos os episódios já estão disponíveis na Netflix.