Com o Emmy 2018 cada vez mais próximo, tenho o dever de indicar 5 das melhores séries que estão concorrendo.


Finalmente chegamos em setembro, o mês do Emmy. E com as maratonas e apostas chegando ao fim, sinto que devo indicar 5 séries que estão presentes nesse ano e que eu recomendo de corpo e alma. Algumas já estão no coração do grande público, outras nem tanto. Enfim, deixarei aqui minhas dicas de produções que realmente amei e gostaria que todos assistissem. Lembrando que já falei sobre duas minisséries maravilhosas: 'The Alienist' e 'Godless'. Você pode conferir o texto aqui.

Vamos lá!

5 - Patrick Melrose




Sinceramente, acho que essa minissérie vai dar o prêmio de melhor ator para Benedict Cumberbatch. Ela adapta 5 livros, um em cada episódio, que mostram a vida de um playboy desde o momento que ele se encontra no fundo do poço, até sua tentativa de recuperação.

Tudo nessa produção funciona muito bem. As atuações são profundas e tem um peso inacreditável, inclusive foi uma vergonha as não-indicações de Hugo Weaving e Jennifer Jason Leigh como coadjuvantes. Além disso, temos uma direção precisa e bem criativa em certos momentos, incluindo lindos planos que utilizam perfeitamente os ambientes.

Porém, a maior conquista de 'Patrick Melrose' está em seu roteiro. Há cenas inquietantes e que nos deixam na ponta do sofá por causa de diálogos calorosos e cheios de poder. Essa é uma minissérie que tem um personagem quebrado e cheio de defeitos, mas ao mesmo tempo consegue ser tão contemplativa e cheia de significados que passa sua mensagem sem medir esforços.

4 - The marvelous Mrs. Maisel




A ganhadora do Globo de ouro de melhor série de comédia vem com tudo pro Emmy. E digo uma coisa: Se ganhar, é bem merecido!

'The marvelous Mrs. Maisel' se passa no final dos anos 50 e acompanha Miriam Maisel, uma dona de casa judia que ama ir à shows de stand-up com seu marido. Depois de um incidente, Miriam se dedica à sua vida pessoal e descobre ser uma comediante incrível.

Aqui temos um grande acerto da Amazon Prime video, já que, além de ser uma série incrível, ela se sobressai diante da grande maioria das produções do gênero. Seu formato é totalmente diferente, os episódios têm quase 60 minutos, e mesmo sendo de comédia ela tem uma carga dramática bem grande. Quase o que 'Orange is the new black' faz.

Sua protagonista é uma explosão de talento e carisma (O emmy vai pra Rachel Brosnahan). Seus coadjuvantes também não deixam a desejar, mas o melhor da série está nas entrelinhas. O humor de Miriam sempre vêm depois de alguma decepção que ela sofre na vida, nada escapa de seu olhar, sejam os problemas com seu marido, ou com seus pais. Tudo vira pauta, porém, o que mais chama atenção são as críticas sociais que estão presentes no texto. E tudo o que ela fala é bem atual, nem parece que se passa a mais de 60 anos dos dias atuais.

'The marvelous Mrs. Maisel' tem tudo pra ser um grande sucesso e precisa muito de mais visibilidade, enquanto o mundo não descobre essa maravilha, só nos resta aplaudir.

3 - The Handmaid's Tale




A grande sensação das premiações de 2017 voltou e tem tudo pra repetir o feito em 2018. 'The handmaid's tale' é um grande sucesso do serviço de streaming Hulu e atrai cada vez mais os olhos do público.

Essa segunda temporada continua com a história pesada, distópica e repleta de críticas. Mas acabou sendo alvo de críticas negativas por apelar muito para a violência, muitos até chamaram esse segundo ano de "torture porn". Isso porque ao evidenciar as crueldades  daquela sociedade, a violência exacerbada não combinava e fugia um pouco do propósito. Isso talvez afaste alguns votos.

Porém, a excelência de 'The Handmaid's tale' ainda está ali. Direção certeira, estética primorosa e atuações cheias de emoção colocam a série lá em cima no patamar das produções televisivas. Nas categorias de atuação do Emmy 2018 ela pode levar dois ou três prêmios, mas a incerteza fica por conta do prêmio principal, que para mim, deveria ir para 'This is us', ou até 'The Americans', se levar em consideração o conjunto da obra.

Elizabeth Moss mostra mais uma vez que merece sim estar entre as melhores atrizes de sua geração. Ela é incrível.

2 - The Crown




Tenho uma paixão imensa por 'The Crown'. É uma série que trata de assuntos que poderiam ser tão pedantes, mas eles conseguem desenvolver de forma maravilhosa. Ela é a série com maior orçamento da Netflix, e para mim ela é a melhor.

Infelizmente as chances de Claire Foy ganhar o prêmio de atriz em drama são mínimas, já que concorre contra Elizabeth Moss. Também acho que 'The Crown' não se dará bem na categoria principal. Talvez leve por ator coadjuvante para Matt Smith, ou até em atriz coadjuvante para a talentosa Vanessa Kirby.

Entretanto, as qualidades de 'The Crown' vão além do ótimo elenco. A fotografia é deslumbrante, a trilha sonora espetacular e seu roteiro é muito bem feito e planejado. Essa série é uma obra incrível produzida pela Netflix, e você deve assisti-la.

A nova temporada vai ter mudança no elenco para mostrar a passagem do tempo. Uma das adições é a atriz Helena Bonham carter. Confesso que será interessante ver o possível confronto entre ela e Meryl Streep (por Big Little lies) no ano que vem.

1 - Atlanta




Elogiei tanto 'The Marvelous Mrs. Maisel' que parecia ser minha comédia favorita do Emmy 2018, mas não é. Esse título fica com a obra de arte criada por Donald Glover: 'Atlanta'. Uma série diferente de quase tudo que temos na TV, e que garanto que ficará na história das séries.

'Atlanta' tem uma história bem simples, mas a expansão dessa trama é que vale a pena. Paper Boi é um rapper ainda iniciante, mas Earn, seu primo, resolve agencia-lo e assim enriquecer juntos. Porém, a série tem uma pegada experimental e surrealista, em diversos episódios acontecem coisas que nos deixam com um pensamento meio "WTF???".

Donald Glover disse que queria fazer uma espécie de 'Twin Peaks' com rappers. E nessa segunda temporada ele deixa isso mais evidenciado que nunca. Há episódios quase fillers que servem para contar uma história naquele contexto em que os personagens estão inseridos. A comédia quer mostrar de uma maneira humorada a vida dos negros nos EUA. Seus dilemas, seus problemas e seu jeito de ser.

Na segunda temporada há um episódio chamado 'Teddy Perkins', ele é tão metafórico e extrapolado que há diversas teorias circulando pela internet. Donald Tem um jeito específico de contar uma história, ele usa reviravoltas e diversos conflitos para mostrar a realidade que ele conhece.

'Atlanta' tem um elenco incrível, uma fotografia marcante e por ter praticamente o mesmo diretor e roteiristas durante toda a temporada, acaba criando uma assinatura própria. Rica em humor e rica em drama, essa é minha série favorita do Emmy 2018. E sinceramente, não queria estar na pele dos jurados que vão decidir entre ela e 'The Marvelous Mrs. Maisel'. Embora eu ache que a série da comediante carismática vá ganhar, minha torcida é toda direcionada à 'Atlanta'.

O Emmy 2018 acontecerá no dia 17 de setembro.