New Amsterdam inspirada no livro de memórias “Doze pacientes: vida e morte no hospital Bellevue“, do Dr. Eric Manheimer.


Conferimos dois episódios da nova série da FOX Life, New Amsterdam. “Como posso ajudar? ” É uma fala que vamos ouvir muito nessa série por Max Goodwin (Ryan Eggold) que além de medico, nada mais é que o novo diretor do hospital público de New Amsterdam, o jeito dele impor as regras é totalmente diferenciado, ele está lá por vidas e não por dinheiro, tem em mente fazer o melhor atendimento possível para cada paciente.

Porém o médico que faz de tudo para ajudar os outros tem seus problemas pessoais. Ele acabou de reatar com a Georgia (Lisa O’Hare) sua esposa gravida, ele com câncer e evita falar sobre isso.
         “ Eu atendo pacientes, não é hora de virar um” dispara Max em uma das cenas. (Arrepiante).

New Amsterdam - Primeiras Impressões

Empatia é o que define está série, cada personagem tem algo pessoal que precisa ser tratado e vemos isso em cada episódio. O personagem que mais me cativou além do Max, foi o Dr. Iggy Frome que tem um amor enorme por cada pessoa que passa em sua vida como: crianças que precisam ser adotadas, casos de depressão, e crianças sem o controle emocional.

Acho incrível a maneira que a série em cada minuto nos surpreende com atitudes que os olhos enchem de lagrimas. Uma reflexão muito grande de se colocar no lugar do outro e que o “Amor ao próximo” é sim real.

O primeiro episódio chega com um impacto muito grande Um caso de Ebola de um jovem que foi mandado para manifestar um atentado e infectar a todos do local. Porém ele corre para o hospital em busca de ajuda e o mover que o Dr. Max e os demais fazem para ajuda-lo é forte e totalmente envolvente. Os papeis de cada paciente tem uma extrema importância, por trazerem uma história muito impactante.

New Amsterdam - Primeiras Impressões

No segundo episódio podemos ver que as mudanças deram frutos, e que Dr. Max fez uma grande melhoria no hospital. A Dra. Sharpe insiste para que Max conte a sua mulher gravida que ele tem câncer, porém o estado que sua esposa se encontra é frágil, e ele então vai adiando.

Achei lindo o papel do protagonista, a relação que ele tem com sua esposa: um homem que quer recuperar a relação, que abriu mão muitas vezes da relação por conta do trabalho, mas agora ele será pai, e esse amor que ele começa a mostrar por sua bebe que nem nasceu é admirável.

É um serie muito boa para assistir, se emocionar, e levar para si, me encantei com todos os personagens, e podemos aprender bastante também, estou ansiosa para acompanhar os próximos episódios, chorei muito.

Será interessante ver tantas pessoas diferentes se relacionando em um só propósito: ajudar ao próximo!


Os episódios foram de arrepiar e aplaudir de pé, e claro uma noticia ótima a primeira temporada chegara neste mês: estreia dia 17 de abril na FOX Life ás 22h30, são 22 episódios.


Se vocês assistirem e gostarem da série se preparem porque a 2º temporada já foi confirmada.


 

Confira nossas críticas!