Amor maternal é o grande mote em Obsessão.


 

Confira a nossa crítica do filme Obsessão (Greta), suspense com Chloë Grace Moretz e Isabelle Huppert.


 

Frances (Chloë Grace Moretz) é uma jovem que vive em Nova York junto de sua amiga Erica (Maika Monroe). A garota ainda tenta se adaptar ao dia-a-dia após perder sua mãe e manter um relacionamento distante do pai. Uma vida simples, trabalha como garçonete e ajuda sua amiga com as despesas do apartamento.

Perder alguém que amamos não é fácil. A dor é algo que nos persegue, a saudade a cada dia fica maior, e a tristeza muitas vezes toma conta, nos deixando pra baixo. Frances tenta sobreviver a cada dia com a falta que sente da mãe, e o "drama" familiar que tem com o pai. Para uma garota jovem não é tão fácil lidar com tais situações e ainda ter as responsabilidades que a vida exige.

 

QUAL O LIMITE DO AMOR?


Um dia, voltando para casa, Frances encontra uma bolsa abandonada em um dos assentos do metrô, e, ao devolvê-la, acaba iniciando uma amizade improvável com a dona do acessório, uma senhora viúva chamada Greta. É como se Frances adotasse Greta como uma amiga "maternal" após conhecer a história da senhora que também teve perdas em sua vida. Porém essa amizade começa a ficar estranha quando a garota percebe que Greta não é quem diz ser. E após se afastar, Frances começa a ser perseguida e Greta mostra seu lado obsessivo pela garota a infernizando com mensagens, ligações e aparições surpresas.

Mães são sempre protetoras com seus filhos e fazem de tudo por eles. Dar uns tapas, alguns gritos, não deixar ir a alguns lugares, ou até mesmo a frase que todos já ouvimos: "VOCÊ NÃO É TODO MUNDO", são algumas das formas de proteção maternal, mas será que existe algum limite para o amor maternal?


Obsessão - Crítica Sem Spoiler!


Será que o amor de mãe existe até certo ponto? Será que todas as mães realmente se preocupam com seus filhos, ou às vezes trata-se de uma Obsessão abusiva?




ALTOS E BAIXOS EM OBSESSÃO


O filme é um suspense interessante e que te faz questionar o porquê dessa obsessão. Você se colocando no lugar de Frances ficará tão agoniado (a) quanto ela em algumas cenas. O filme começa com um desenvolvimento bom, porém, em certo ponto ele estaciona é o desenvolvimento fica um pouco massante. O elenco manda muito bem e consegue transmitir o que a história quer passar, a trilha sonora completa as cenas e o desenvolvimento.


Tirando a parte pouco massante, o filme é bem interessante e diferente do que estamos acostumados. Pelo trailer pode ser que você espere um pouco mais de cenas agitadas, mas não é o que o filme apresenta. Temos alguns picos de adrenalina, mas este não percorre por muitas cenas.


TRAILER


https://www.youtube.com/watch?v=m14qewLXs3M

E você, o que faria no caso de uma estranha Obsessão?


Confira nossas críticas!


Acompanhe o Pipocando Notícias ♥


Facebook


Instagram


YouTube