Coringa traz uma abordagem que para muitos foi "pesada" mas talvez este público não tenha percebido o quão realista o filme é.





Coringa - Crítica Sem Spoiler








"Eu só tenho pensamentos ruins"





Uma das frases dita no filme pelo personagem Coringa (Joaquin Phoenix), você já parou para pensar quantas pessoas já não passaram por um momento parecido? Coringa traz um tema delicado e que deveria ter um pouco mais de atenção, pois o que o filme apresenta é real, seja na época em que o longa se passa, ou nos dias atuais. Temática que traz uma realidade "oculta", Joker vem dando o que falar após sua estreia.





Antes de qualquer coisa, gostaria de deixar claro que não sou a favor de pessoas que fazem ou trazem o mau a sociedade, seja através de qualquer meio ou forma.









O que o Coringa tem?





Coringa vem adquirindo diversas opiniões após seu lançamento, algumas pessoas falando bem, outras nem tanto, porém, a maioria das críticas diz que é um filme violento e pesado. Eu já estava com uma grande expectativa para ver o mesmo, e as críticas me deixaram mais ansioso para o filme. E sendo bem sincero, o filme não chega a ser tão violento quanto dizem ou tão pesado assim, porém, para pessoas que estejam com sobrecarga psicológica, ou pessoas que realizam tratamento psicológico, o filme realmente não é recomendado.





Temos um filme fora do padrão DC / MARVEL que estamos acostumados, nada de super-heróis e sim um vilão que te deixa no meio do muro entre odiar ou não o personagem. O enredo do filme Coringa (Joker) traz a vida do personagem Arthur Fleck, que leva uma vida nada fácil e ainda precisa cuidar da sua mãe. Arthur precisa lidar com os problemas da vida no dia a dia, e o filme traz a rotina de uma pessoa que se transforma através das ações da sociedade. Será que realmente é possível? Será que a sociedade consegue interferir tanto na vida de uma pessoa? Às vezes não seguir o padrão pode ser uma afronta para algumas pessoas, e muitas vezes o "diferente" acaba sendo afetado pela maldade interior que existe, mas muitos não enxergam, ou simplesmente fingem não ver.





Coringa - Crítica Sem Spoiler





O filme tem cenas que para algumas pessoas podem ser consideradas "forte" ou "pesada", mas fiquem tranquilos que não é nada que não possa ser assistido, ou que vai te deixar perturbado. A não ser que você seja uma pessoa EXTREMAMENTE sensível.





A violência que o filme traz, não é explícita. Claro que tem algumas mortes no filme, tem sangue, mas esse não é foco do Coringa. A violência que mais é presente no longa é a psicológica, a evolução do personagem no decorrer dos acontecimentos, a evolução da agressão emocional que o mesmo sofre e faz com que ele se torne o famoso Coringa. Sim, problemas psíquicos trazem pensamentos negativos, que se tornam idéias ruins, e quando menos se espera, a pessoa vive uma guerra em sua mente entre manter o controle ou extravasar os sentimentos. Porém, nem todas as pessoas conseguem controlar, e aí é onde vêm os atos explícitos, mas, quando chega neste ponto, é tarde demais, perdemos uma pessoa que pode vir a trazer mais perdas.









Violência gera violência, sim!





Vivemos em um mundo onde o diferente incomoda a sociedade de uma forma absurda, as pessoas sentem prazer em semear o ódio, ao invés de seguirem suas vidas e procurarem por suas felicidades. Muitos podem dizer que não, mas sim, o preconceito existe e por mais que as pessoas comecem a "aceitar" o que elas consideram fora do padrão, o preconceito parece estar cada vez mais carregado de ódio.





Coringa em certos momentos do filme fez com que eu me identificasse com o personagem. Arthur Fleck é um cara ferrado, com problemas psicológicos, que cuida da mãe, passa necessidades, trabalha como palhaço que não é o suficiente para ter uma estabilidade e ainda precisa lidar com o peso da sociedade por ser "diferente". Você deve estar se perguntando o porquê eu me identifiquei com o personagem né? Explico pra vocês.





Eu por longos anos da minha vida me senti completamente um lixo, nunca tive gosto pela vida, nunca tive gosto pelas coisas, pelos momentos, e sabe porque ? Por causa de "bela" sociedade que nos rodeia.





Coringa - Crítica Sem Spoiler





Sempre sofri bullying na escola por ser gordo, sempre fui motivo de piadas (em todas as escolas que estudei, do ensino fundamental ao médio), um tempo depois veio mais um peso pra carregar, pelo simples fato da opção sexual (que muitas vezes não é uma opção, nascemos assim). Vocês tem noção do que é passa e mais de 20 anos da sua vida se sentindo um lixo? Não, talvez vocês não tenham noção, só tem quem passa por tal situação. Já escutei diversas vezes "merece morrer", já ouvi muitas vezes dos seguidores de Jesus "você irá para o inferno", no caminho de ida e volta do trabalho ter pessoas rindo da sua cara, te zoando, gritando ofensas na rua, encarando e muitas vezes com desejo de me agredir. Não é fácil passar por tudo isso é chegar em um momento que você simplesmente desiste de tudo, porque não importa o que faça, a sociedade está ali, pronta para te humilhar. E não são todas as pessoas que têm condições de passar em psicólogo, fazer tratamento ou algo do tipo, muitos passam por isso sozinhos. Graças a Deus tenho uma família incrível e tive amigos (anjos) que me ajudaram a enxergar o valor tenho é a tacar o foda-se para quem faz questão da homofobia na vida.





Com o personagem não é diferente, ele sofre agressões físicas, emocionais, não tem ninguém, não tem amigos, então Arthur chega a um ponto que pra ele nada faz mais sentido, não tem motivos para continuar tentando, e assim deixa as emoções explodirem se tornando o famoso Coringa. Arthur simplesmente desiste e deixa de lado todas as suas tentativas de se encaixar ao padrão da sociedade, todas as suas tentativas de eliminar seus pensamentos ruins, decidindo mostrar o ódio que guardou por tanto tempo.









Coringa e seu papel reflexivo





Não, eu não apoio as atitudes que o personagem tem no desenvolver do filme, não apoio qualquer tipo de violência. O filme nos traz um assunto polêmico, mas que ao mesmo tempo é realista, porque isso é algo que é possível acontecer. Basta ligar os jornais, tantos casos de mortes pelo mundo, massacres, estupros, sequestros, atentados, às pessoas a cada dia que passa estão surtando, estão perdendo o controle.





E é isso o que o filme traz, talvez seja esse o motivo de tanta polêmica, porque as pessoas sabem que isso pode acontecer, sabem que possam existir pessoas na mesma situação que o personagem, mas preferem ignorar. Nos últimos 10 anos tivemos um aumento de 18,4% de depressão no Brasil, e não para por ai, novos dados mostram que 86% dos brasileiros sofrem com algum transtorno mental. Agora a pergunta é: porque ignorar?





Joaquin Phoenix traz uma atuação incrível, ele transborda as emoções do personagem de forma magnífica, faz com que você se conecte com Arthur Fleck para entender tudo o que é mostrado. Você conhece o personagem, conhece a sua história, entende o drama que o personagem passa, certos momentos tem dó, outros momentos você fica chocado e assim segue durante todo o filme. O ator traz uma performance sensacional do início ao fim do filme sempre te preparando para o que vem a seguir, ele prepara o seu subconsciente e mesmo assim consegue te surpreender.





Coringa - Crítica Sem Spoiler





Joker é um filme bastante realista seja na época em que o filme passa, ou nos dias atuais. O filme é ótimo, o ator se entrega completamente trazendo um trabalho incrível e uma trilha sonora que completa o longa de forma perfeita. Para assistir ao filme, vá com sua mente aberta, deixe de lado o tradicional, deixe de lado opadrão de filmes.que conhece, e com certeza irá sair da sessão satisfeito (a).









"O mundo é péssimo hoje em dia.É o que basta para a gente enlouquecer. Você já viu como é lá fora? As pessoas só gritam e berram umas com as outras. Ninguém nunca é educado, ninguém pensa em estar no lugar do outro."





Coringa (Arthur Fleck)





Soa algo familiar para vocês?









Clique aqui e confira a trilha sonora do filme!









Confira nossas críticas!





Acompanhe o Pipocando Notícias ♥





Facebook





Instagram





YouTube