Crítica Minha Mãe é Uma Peça 3

Dona Hermínia em nova aventura em último filme de Minha Mãe é Uma Peça


"Minha Mãe é Uma Peça 3" trás nossa querida Dona Hermínia (Paulo Gustavo) em mais uma aventura, no terceiro e último filme, ela vai ter que enfrentar novos obstáculos em relação a mudanças na vida de seus filhos, seu ex marido Carlos Alberto (Herson Capri) e sua relação conturbada com suas irmãs Lucia Helena (Patricya Travassos) e Iesa (Alexandra Richter). Delicioso de ser assistido, a comédia brasileira foca em um ponto importante nos dias atuais e entrega uma mensagem de aceitação que de uma maneira leve, toca o coração do espectador.


O que vem por aí ...


Tudo começa quando Hermínia descobre que Marcelina (Mariana Xavier) está gravida e Juliano (Rodrigo Pandolfo) vai casar. A supermãe vai ter que segurar sua ansiedade e aprender a lidar com essa nova fase da vida dos filhos que estão saindo debaixo de suas asas e tomando seus próprios rumos. Mas o que diverte mesmo é o gênio forte da personagem, que não só veste o papel de mãe como nos remete a várias situações que nós vivenciamos com nossas mães. Um exemplo vem de alguns flashbacks mostrando histórias do passado de Hermínia e são nesses momentos que vemos o quanto essa mãezona tem um amor incondicional pelos seus filhos e que faz qualquer coisa para protege-los. Assim, com suas tiradas ácidas, cínicas e sem paciência nenhuma, Dona Hermínia extrai humor de qualquer cena.


Paulo Gustavo carrega o filme nas costas?


É fato o talento do comediante Paulo Gustavo, que consegue fazer com que em um minuto estejamos rindo e no outro com o coração apertado de emoção querendo pegar nossa querida Dona Hermínia no colo e abraça-la bem forte. Mas é importante destacar também a atuação da Mariana Xavier, no começo ela era uma garota que só pensava nela, nesse filme vemos que ela amadureceu muito e tenta ver o lado da mãe. Mesmo que não concordando com a matriarca, de forma sutil ela tenta contornar a situação de um modo que nenhum dos lados saiam magoados. Bem diferente da Marcelina dos primeiros filmes, né? Por outro lado também conseguimos enxergar Rodrigo Pandolfo abraçar a felicidade... Já Carlos Alberto continua sem nenhum destaque na trama.



Por que tudo que é bom, acaba!


O encerramento dessa trilogia não poderia ter sido melhor, pois mostrou o amadurecimento de todos os personagens, mostrou os desafios que eles enfrentam a cada fase de vida. E se cabe fazermos um balanço, "Minha Mãe é Uma Peça 3" é uma reflexão sobre o amadurecimento. Se no primeiro filme a história gira em torno da vida de Dona Herminia, o segundo passeia sobre as escolhas que os filhos fazem para sair debaixo das asas da mãe; o terceiro é a construção de tudo isso mostrando como cada personagem começa a construir seu futuro. E fiquem ligados nas cenas finais com um momento emocionando com a família do ator Paulo Gustavo.



"Minha Mãe é uma Peça 3" é uma história de amor entre pais e filhos, que apesar do bom humor e irreverencia nos mostra o quanto as relações familiares são complexas, estranhas e divertidas.