‘DEPOIS DAQUELA FESTA’ | CURTA BRASILEIRO LGBTQ+ É O ÚNICO SELECIONADO PARA O FESTIVAL BFI FLARE

Curta LGBTQ+ é o único filme brasileiro selecionado no #FiveFilms4Freedom, BFI Flare, no Reino Unido.


Depois Daquela Festa’ é o segundo filme do diretor Caio Scot e o primeiro roteiro dos atores Lucas Drummond e Mel Carvalho. O curta estreou no 37o REELING: The Chicago LGBTQ International Film Festival, em setembro de 2019, nos Estados Unidos.



Desde então, já foi selecionado para 22 festivais internacionais e ganhou 3 Prêmios: Prêmio do Público de Melhor Curta Internacional no 22o OUTFlix LGBT Film Festival, em Memphis, e no 32o OUT ON FILM LGBTQ+ Film Festival, em Atlanta, além do Prêmio do Júri de Melhor Ator para Lucas Drummond no Festival de Cinema de Campina Grande – ComuniCurtas, promovido pela Universidade Estadual da Paraíba.


Leia mais:

- Dolittle | Crítica
- The Rock fala sobre personagem Adão Negro
- Dois Irmãos | Filme irá para On-Demand



Sendo assim, de18 a 29 de março, o filme participa do BFI FLARE. Então o festival de cinema LGBTQ+ do Reino Unido é considerado o maior festival de filmes deste gênero na Europa. Portanto dos 70 filmes que compõem o festival, o curta foi um dos cinco escolhidos para integrar a campanha #FiveFilms4Freedom. Durante os 12 dias o festival exibirá na plataforma de streaming e no canal do British Film Institute e do British Council no Youtube, o filme gratuitamente para mais de 110 países, com legendas em oito idiomas diferentes.


O filme é o único curta brasileiro selecionado para participar da campanha. Tem como objetivo promover a igualdade, a liberdade e o respeito à diversidade. Em sua sexta edição, a campanha já atingiu um público de 14 milhões de pessoas, durante os 55 dias em que esteve no ar, em mais de 202 países, alguns dos quais ser LGBTQ+ é crime previsto por lei ou onde o acesso a conteúdos LGBTQ+ é muito restrito.